Honra e Gloria aos que tão novos lá deixaram a vida. Foram pela C.C. S.-Manuel Domingos Silva!C.Caç. -1558- - Antonio Almeida Fernandes- Alberto Freitas - Higino Vieira Cunha-José Vieira Martins - Manuel António Segundo Leão-C.Caç-1559-Antonio Conceição Alves (Cartaxo) -C.Caç-1560-Manuel A. Oliveira Marques- Fernando Silva Fernandes-José Paiva Simões-Carlos Alberto Silva Morais- Luis Antonio A. Ambar!~
R. T. P 3....R.T.P 2....R.T.P.MEMÓRIA....SPORT TV

segunda-feira, 17 de abril de 2017

INHAMINGA O ÚLTIMO MASSACRE O CALENDÁRIO DA AGONIA -- ABRIL de 1974

MATAR TODOS, DESTRUIR TUDO!

 1 de Abril  Na sequência de um protesto pelos acontecimentos em Muanza no passado dia 20, apresentado directamente ao Governo de Lisboa pelo explorador da pedreira, o Comando-Chefe em Nampula reforçou a Directiva OP de 23 Fevereiro e fez rodar para o local ais tropas especiais com ordem expressa de eliminar a população hosti l. Da população, hostil ou não o que resta nesta altura são algumas famílias cujos homens trabalham nas serrações, sobretudo em Chinapaminde e Chinadziwa. Estes já tinham sido ameaçados pelos madeireiros de que,se tentarem fugir, serão mortos. Um testemunho enviado à Conferência Episcopal de Moçambique, reunida a partir de hoje em Quelimane, confirma que, quando as recentes operações das tropas especiais em Muanza detectaram corredor sanitário montado montado  do Quartel General foram emanadas ordens para supressão sumária do Inimigo.pela FRELIMO - evacuação de crianças e mulheres para o Dondo -, do Quartel General foram emanadas ordens pela supressão sumário do Inimigo.

Pimentel dos Santos, Governador-Geral de Moçambique,
numa cerimónia em Loureço Marque com a comunidade Islâmica 
2 de Abril  O Governador Geral da colónia, Engº Manuel Pimentel Pereira dos Santos, substitui o Coronel Souza Telles na governação do distrito da Beira pelo Capitão de Fragata, Guerra Corujo. Na tomada de posse dirige-se ao marinheiro nos seguintes termos: Não oculto ao senhor Governador que vai ocupar um dos mais difíceis governos de distrito neste Estado. Aí, não tem apenas de preservar da subversão as populações não atingidas, tem também de eliminar alguns focos ainda existentes e fazê-lo de forma radical e definitiva.
 4 de Abril A pedreira de Muanza está parada desde que os mineiros fugiram, aterrorizados, com a existência das valas. A Administração da Cimenteira determinou que fossem nomeados substitutos entre os trabalhadores do Dondo. A fábrica entrou, no mesmo dia, em greve total.
 6 de Abril   O lançamento , pelos guerrilheiros, logo à saída da Estação de Inhaminga, de duas granadas foguetes - foguete contra a locomotiva gorou a tentativa de fazer circular um comboio de passageiros até à Beira.
 9 de Abril A destruição de 36 palhotas e inúmeras machambas cultivadas, com a captura de três homens, três mulheres e sete crianças, foi o resultado da Operação Pinhal - nomadização e emboscadas - postas em campo pela 1ª CART. Com os habitantes em fuga para a floresta da Gorongosa, a estação dos caminhos - de - ferro deserta, as cantinas e outros serviços encerrados, Inhaminga transformou-se, perdeu meios de vida. Só funciona a indústria da morte. As valas, todas valas da região, são os altares do caos. Os fuzilados, ao tombar, empilham-se de forma desordenada, há cabeças a deitar por fora, a lâmina do caterpillar arrasta algumas quando passa com a terra, para tapar. As populações ficaram às mãos, aos instintos e aos critérios de crueldade de colonos desvairados protegidos por tropas convencionais, Inhaminga afogou-se em sangue.
12 de Abril Sexta - feira Santa. De Nampula, um oficial de duas estrelas foi enviado, em segredo, ao limbo da Gorongosa com a missão se observar as valas comuns em Muanza, situadas a curta distância da estação dos caminhos - de- ferro e  escondida detrás da pedreira de cimento. O Brigadeiro, disfarçado de soldado, anotou no seu relatório Duas situações a evitar no futuro: 
1. Observou-se que a terra com que foram cobertos os corpos cresceu por motivos das fortes chuvas que caíram nos últimos tempo, vendo-se alguns a descoberto.
2. Os militares que controlam a segurança no local manifestaram o seu incómodo ao deparar sempre com os camions pejados de dejectos e urina quando regressam da pedreira.
Isto acontecia porque os prisioneiros, ao aperceberem-se bruscamente do que os esperava, entravam em pânico e perdiam controlo fisiológico. 
No Mapa estão sinalizadas as regiões de: Moatize; Zóbué; Sabonda-Chiuta; Viúva Henriques e Tete
O Conselho de Defesa de Moçambique, reunido de urgência nesta data em Lourenço Marques, analisou informações que garantiam uma grande concentração de guerrilheiros em vários pontos de fronteira com a Zâmbia, na estrada Moarize para o Zóbué, em Sabondo - Chiuta, em Vila Henriques, e nos arredores da própria cidade de Tete
23 de Abril A operação PIÃO 4 da 1ª CART, para três dias de nomadização, terminou hoje com a destruição de dois refúgios inimigos, 31 palhotas, 300 quilos de mapira, e a captura de um canhangulo, um homem, quatro mulheres e três crianças.
24 de Abril A guerrilha levou a cabo vários ataques a camions de transporte de mercadorias, com a morte de quatro dos seus motoristas, ao longo do primeiro terço da estrada da Beira para Lourenço Marques. A FRELIMO abateu três aviões militares rodesianos nos céus de Manica e Sofala.
25 de Abril Golpe de Estado em Lisboa que conduzirá ao fim do colonialismo português em Moçambique. Antes dos massacres, a população de Inhaminga estava calculada em 45 mil habitantes africanos. Nesta data, o número de cidadãos assassinados ou em fuga nesta região ultrapassou os 33 mil. Até hoje, o Comando - Chefe em Nampula nunca mencionou nos seus comunicados o estado de guerra em Inhaminga. No entanto, o esforço militar encontra-se espelhado no aparato em presença - um batalhão completo de tropa regular do Exército com mais de 400 homens; um batalhão de P´ra- quedistas com 240 unidades; duas companhia de Comandos com 200 operacionais; Grupos Especiais de recrutamento na Colónia ultrapassando os 650 GE, GEP e GEPC; e um efectivo policial de 80 elementos, incluindos os agentes da PIDE/DGS especialmente deslocados da Beira e da Casa Amarela em Lourenço Marques. Oficialmente, o objectivo deste universo de segurança pública destinava-se à protecção de aproximadamente mil brancos


Sem comentários: